quarta-feira, 29 de julho de 2015

Mar da Felicidade


És o mar mais bonito que eu já vi… 

Esse azul era indiferente se eu fosse daltónico, esse azul era ainda mais indiferente se eu não soubesse a pessoa especial que tu és!

Esse azul que preenche os teus olhos e inunda o meu pensamento de emoções, de sensações, de paixões… daquelas que só surgem quando nos sentimos perdidos nos sorrisos de alguém como tu…

Fico louco, vidrado, colado e até paralisado quando vejo a tua cara, quando vejo as tuas expressões, quando vejo os teus lábios… que só me apetecem tocar, beijar e delirar!

Tu desapareces misteriosamente, e isso deixa-me pleno do sentimento de falta… mas quando voltas, trazes contigo esse sorriso, essa boa disposição e esse sentimento contagiante de alegria!

Hoje eu procuro por ti, ciente da certeza que o que conheço de ti é apenas um décimo do que eu quero conhecer, ciente de que de ti posso conquistar o mais barato e essencial dos sentimentos… a felicidade!

Solta uma vez mais o teu sorriso, deixa-o contagiar-me…

A beleza é algo muito restrito, mas contigo é algo muito significativo, a beleza que vem das tuas expressões, do teu coração e que se expande por todo o teu corpo.

A beleza que se ilumina quando chegas, e que torna tudo à tua volta muito mais claro, mais alegre e mais vivo…

A beleza que surge no momento, se debruça sobre mim e permanece para a eternidade!

Hoje sou alguém mais feliz, mais capaz, mais vivo!

Hoje eu encontrei o que procurava…

Encontrei o caminho da felicidade quando demos os primeiros passos na areia, aqueles passos tão marcantes que nem a força do mar os conseguiu apagar!

Encontrei a felicidade quando caminhamos de mão dada, soltamos risos inocentes, contamos piadas parvas, e mergulhamos abraçados!

Encontrei a felicidade quando senti vontade de desenhar um “J” na areia, um “J” que representa o teu nome, assim como uma palavra que li no dicionário francês, e que a definição, começa num “je t’aime” e acaba nos teus lábios!

Hoje eu sou pleno, não porque sim, mas porque encontrei tudo o que precisava em ti!

Isto é de ontem, de hoje… e assim continuará a ser.

1 comentário:

  1. Simplesmente lindo, profundo...
    Adorei :)
    Ass. C.S.

    ResponderEliminar